Escolha uma Página

Tudo o que o mundo deu

Antes de começar essa postagem, pare.

Pare, encha seu coração de amor e esvazie as idéias pré-concebidas.

Prontos?

Agora clica aqui nesse link e conheça um pouco do Erick. E depois ouça essa música dele, chamada “Tudo que o mundo vai me dar“, catártica, linda e doída, escrita antes de sua transição.

Mas hoje eu estou aqui para falar de outra coisa. Hoje eu quero falar do que o mundo já deu para o Erick, que foi essa família linda aqui:

Barbara, uma mulher daquele tipo que eu adoro: forte e decidida, mas ao mesmo tempo extremamente acolhedora. Em uma palavra: porreta 🙂  Psicóloga com um trabalho incrível com a população GLBT daqui de Campinas, ainda é acupunturista, dançarina do ventre e faz aula de capoeira com os meninos.

E entre muita música, capoeira, futebol, papos cabeça e muito, muito, MUITO amor, eles vão criando os meninos.

Apesar de ser um ensaio de família, eu gosto de deixar um tempinho reservado só para os pais. Porque depois que os filhos chegam fica mais difícil arrumar um tempinho para namorar, né? E é tão importante esse tempo a dois…

E os meninos? Gente, que vontade de levar pra casa! 🙂

Cada um na sua fase, mas os dois são incríveis. O Vini mais tímido (e lindo, vai dizer? Uma versão pré adolescente do Cauã Reymond, gente!), na dele. E o Rafa. Meu Deus, o Rafa é daqueles meninos espoletas que não para quieto, subindo na árvore, contando piadas, fazendo gracinha… Uma delícia!

O que que eu faço com essa família, gente??? 😀

E assim eu me despedi deles: com um biscoito de polvilho gigante e a certeza de que o amor faz o coração da gente transbordar.

Bá e Erick, MUITO OBRIGADA pela oportunidade, pela amizade e por acreditarem no amor

Com carinho ♥

Deixa eu registrar a sua história também?

Entre em contato